1

20 novembro 2014

~Resenha: A Esperança - Suzanne Collins~

Ficha Técnica
Título: A Esperança - Jogos Vorazes - Livro 3
Autora: Suzanne Collins
Selo: Rocco Jovens Leitores
Ano: 2011
Número de páginas: 424
Assuntos: Distopia, Ficção.
Adquira: Submarino, Americanas

Sinopse
Katniss acreditava que não precisaria mais lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra?

M esmo apostando até o último minuto, o Tordo acabou perdendo um pouco do seu brilho e suas chamas não alcançaram a magnitude que mereciam....

Após ser resgata, Katniss é levada para o antigo Distrito 13, que todos achavam estar totalmente destruído, mas que agora é o refúgio dos rebeldes da capital. Depois de se recuperar, ela tem uma pesada e importante decisão a tomar: Ser o Tordo e guiar a revolução ou largar tudo e fugir...
Não posso escrever uma introdução maior sobre a história pois seria impossível não conter spoilers.

" - O presidente Snow diz que está nos enviando uma mensagem? Bom, tenho uma para ele. Você pode nos torturar e nos bombardear e queimar nossos distritos até que eles virem cinzas, mas está vendo isto aqui? [...] A insígnia da Capita em uma das asas brilha visivelmente em meio às chamas. - Está pegando fogo! Estou gritando agora, disposta a ter certeza de que ele não perderá nenhuma palavra. - Se nós queimarmos, você queimará conosco!" - Pág.112

O que dizer sobre esse livro... fiquei um pouco perdida quando terminei de lê-lo.
Sinceramente, quando estava passando pelas últimas páginas, não consegui acreditar no final que lhe foi dado. Esperava sim, muito mais do que Suzanne Collins ofereceu. O livro não foi ruim, mas também não foi tão grandioso quanto merecia.
Sobre a narrativa: incrível assim como nos outros livros da trilogia. Independente do ritmo em que a história esteja, não consegui parar de ler, mesmo que por longas partes só se visse planos de combate, regras e os dilemas da Katniss, sempre dava aquela vontade de saber o que aconteceria em seguida. O começo não tem muita ação, pois nos é apresentadas as informações sobre o Distrito 13, que lias é o local onde uma boa parte da história se desenrola. Temos também Katniss pesando "os prós e contras" de se tornar oficialmente o Tordo.
O livro oscilou bastante, por vezes me cativava e por outras me tirava o entusiasmo. Entendi que tais acontecimentos foram necessários para a autora chegar no final que determinou, mas senti como se faltasse algo que ligasse tudo e tornasse tudo mais real.

"Desejo? Desespero? Certamente ambos, pois ele dispensa os médicos levanta-se de imediato e vai até mim. Corro para recebê-lo, meus braços estendidos para abraçá-lo. Suas mãos também estão vindo ao meu encontro, para acariciar meu rosto, eu imagino.
Meus lábios estão começando a formar nome dele quando suas mãos apertam o meu pescoço. Pág. 193"

Alguns personagens, na minha opinião, morreram desnecessariamente, talvez a autora quisesse ter mais drama na história ou fazer o leitor chorar, sei lá, não fiquei comovida e sim com raiva. Enrolou em certos pontos como sobre as estratégias e vários outros que poderiam ter sido melhor desenvolvidos perto do final.
A construção da história ficou muito boa, mas é como se houvesse pequenas falhas na execução que infelizmente, tiraram o brilho do final dessa trilogia. Não teve muitas surpresas (há não ser as mortes) e aquela história de ficar gravando "pontoprops" (vídeos contra a capital) me irritou bastante... Surpreendentemente, Peeta foi um personagem que se destacou e me impressionou nos poucos momentos que apareceu, ele sempre me pareceu meio "na dele", não querendo mostrar seu verdadeiro eu, mas depois de passar por situações inimagináveis, Peeta provou seu valor e ganhou meu respeito! Desculpe Gale, mas você virou "fichinha" perto dele U.U

"Há uma sensação de incompletude. E não por ele não haver se desculpado. Mas porque éramos uma equipe. Nós tínhamos um acordo para manter Peeta em segurança. Um acordo trôpego e irrealista feita na calada da noite, mas mesmo assim, um acordo. E no fundo do meu coração, sei que ambos fracassamos. Pag. 89"

Não achei o final grandioso, esperava bem mais ação e magnitude envolvendo principalmente a Katniss. Pareceu aqueles finais em que o autor fica perdido, não sabe se parte para algo "clichê", se inova ou dá uma de "sem noção". Enfim, foi uma ótima trilogia em relação a história, personagens, narrativa, foi muito bom lê-la e não fosse por alguns detalhes ocorridos no final deste livro, teria sido magnífica.

Ainda não assisti ao filme, mas assim que puder espero conferir como ficou a adaptação desta parte da história.


Trilogia The Hunger Games - Suzanne Collins

Avaliação Final:


Leia também:

Um comentário:

  1. Eu achei a adaptação bem fiel ao livro. Também achei algumas mortes desnecessárias, as mortes que aconteceram foram as dos meus personagens favoritos. Adorei a resenha!
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir