1

11 julho 2016

#Resenha: Perdendo-me - Cora Carmack


Ficha Técnica
Autora: Cora Carmack
Trilogia: Losing It
Editora: Novo Coceito
Ano: 2014
Número de páginas: 288
Assuntos: Ficção, Romance, New Adult.
Adquira: Submarino, Americanas

VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?



~  ~   *  *  *   ~  ~

R ealmente, o destino não deu nem uma folguinha sequer para Bliss, mas quando ela se der conta é provável que venha a agradecê-lo...

Bliss Edwards tem 22 anos e está chateada por, provavelmente, ser a única virgem de sua turma da faculdade. Ao reunir coragem e revelar esse segredo para sua amiga Kelsey, que fica mais do que surpresa, as duas partem para um bar com o intuito de se divertirem e de que Bliss conheça um rapaz que possa ajudá-la com uma noite de sexo casual. Logo ela se vê diante de um possível candidato, o bonito e simpático barman do local. Kelsey fica animada, porém Bliss ainda está pensando no assunto, esse era seu maior problema, pensava, analisava e até fantasiava demais as coisas. Dando uma olhada no bar suas opções não eram muito melhores que a primeira.
Bliss resolve ir até o banheiro, no caminho repara em alguém ou melhor no livro que o rapaz está lendo, não resisti e faz um comentário sarcástico sobre o fato dele estar lendo Shakespeare em um bar. Quando ele a olha ela perde o fôlego com sua beleza e ainda mais com seu sotaque após ouvir sua voz.

Eles se apresentam, o rapaz, que se chama Garrack, conta que estava ali porque esperava um chaveiro pois tinha conseguido se trancar do lado de fora de seu apartamento. Após conversarem sobre Shakespeare, flertarem um pouco e rolar um longo beijo, resolvem ir até o apartamento de Garrack. A primeira surpresa de Bliss foi descobrir que iriam até lá de moto, passadas as primeiras emoções de se andar sobre duas rodas eles chegam até o local.

Distraída, ao descer da moto Bliss acaba se queimando, e ai que vem a segunda surpresa, ela se dá conta de que mora no mesmo condomínio que Garrack. Com a demora do chaveiro e o ardor da queimadura na perna aumentando, Bliss resolve revelar que mora a um prédio de distância e convida Garrack para ir com ela até lá, estava definitivamente decidida em dar um jeito no assunto virgindade.

Após alguns pequenos momentos constrangedores, conversas e até alguns amassos, Bliss acredita que agora partirá para os finalmente, porém quando estava quase lá acaba dando uma desculpa bem da estranha e sai correndo levando quase nada. No dia seguinte, logo depois de chegar com Kelsey ao teatro experimental na faculdade, para sua primeira aula do ultimo semestre, vem a terceira surpresa! Mal sabe ela que reencontrar Garrack no local mais improvável de todos mudará completamente sua vida...

"O que Kelsey ia dizer? Eu saí com o objetivo de fazer sexo e acabei indo parar no pronto-socorro. Vida de merda, a minha!" pág. 30

Quando comecei a ler Perdendo-me não sabia o que esperar, não achei que seria grande coisa por ter elementos como a virgindade. Mas é aí que quebrei a cara! Me deparei com um romance engraçado, encantador e sedutor.
Cora Carmack tem uma narrativa jovem e descontraída, sem utilizar elementos apelativos ou cansativos. Muitas vezes me peguei com um sorriso no rosto ou rindo das encrencas e momentos constrangedores pelos quais Bliss passava.
Acredito que este seja o primeiro New Adult que leio (chega a ser um pouco vergonhoso, eu sei u.u"), gostei bastante do gênero, maduro, sem tanta frescura, se a maioria deles for nesse estilo, se tornará mais um dos meus gêneros favoritos.
O elemento virgindade destacado na história é na verdade um gancho, que por uma boa parte do livro foi deixado de lado. Confesso que achei estranha a ideia da autora sobre "ser virgem aos 22 anos ser um problema", mas acredito que não foi sua intenção passar esse tipo de mensagem aos seus leitores. Provavelmente, ela quis tratar de uma maneira mais leve, como se a personagem quisesse saber como era algo que muitos na sua idade já tinham feito.


"- É só que eu... eu entendo como é querer alguma coisa, mas tentar se forçar a realmente acreditar que não se quer aquilo. Não precisa ter a ver com amor. É sobre querer alguma coisa que não se pode ter ou algo que a gente acha que não merece. [...] Queremos aquilo que não podemos ter. É a natureza humana." Pág. 103

Gostei de como a autora conduziu a história, de como tudo pareceu acontecer naturalmente apesar de ter seus momentos de loucura. Tudo muito bem dosado: o lado cômico, o romance e o erotismo, até a química do casal foi perfeita, como um cuidou do outro, uma fofura total.

Bliss é uma daquelas personagens desastradas, sem noção e que o destino adora sacanear, então está sempre dando mancadas. Garrick é o clássico galã, professor gatão que derrete o coração de qualquer aluna. A química dos dois resulta em várias cenas hilárias e constrangedoras, além do erotismo.
Kelsey é meio exagerada, mesmo sendo uma boa amiga teve momentos que Bliss poderia ter dado um stop nela. Já Cade é o melhor amigo da protagonista, que além de ser um bom partido, tem uma quedinha por ela. Gostei dela ter utilizado um plano de fundo diferente como aulas de teatro.

É uma história clichê mas que a autora conseguiu inserir bons elementos, com leitura leve e despretensiosa. É um livro simples e descontraído, então não espere muito drama ou algo surpreendente. Indico para quem está afim de relaxar de curtir uma comedia romântica.

Cada livro da trilogia trará a história de um casal diferente, tanto que em Perdendo-me temos até um epílogo encerrando a trama. Fiquei muito curiosa para saber como serão os próximos volumes que contaram com os casais: Cade e Max, Kelsey e Hunt, que espero, venham também a interagir com o casal deste primeiro livro.


Trilogia Losing It - Cora Carmack

1) Perdendo-me (Losing It) 
2) Fingindo (Faking It) 
3) Encontrando-me (Finding It) 

Avaliação Final:

Leia também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário