1

04 junho 2014

~Resenha: Os Solteiros - Meredith Goldstein~

Ficha Técnica
Autora: Meredith Goldstein
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Número de páginas: 272
Assuntos:  Ficção, Romance


Sinopse
Cinco adultos. Cinco pessoas com idade suficiente para ter conquistado alguma tranquilidade.
Mas sossego é algo que passa longe de suas vidas confusas. Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abandonou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da faculdade quase namorou Hannah — e não se esquece disso... Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens... Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor.

C inco solteiros que poderiam estragar um casamento....mas que no final acabaram por estragar a história....

Primeiramente gostaria de dizer que abandonei a leitura deste livro. Não gosto nem um pouco de fazer isso, mas eu tentei, parei e fui ler outro livro depois tentei continuar mais não foi, a leitura não progrediu e desisti.
Bee vai se casar, mas invés de estar preocupada com o casamento em si, está pensando em como acomodar cinco dos seus amigos solteiros para que eles não arruínem seu dia tão especial. Em meio a vestidos de festa decotados, maquiagens e dramas amorosos nos são apresentados, de forma alternada entre os capítulos, os solteiros. Cada capítulo, identificado pelo nome do personagem, relata em 3ª pessoa, os acontecimentos de antes da data atual.

Sendo sincera, a sinopse desse livro não tinha me atraído nem um pouco, não tinha nem certeza se iria lê-lo, mas acabei vendo alguns comentários de que seria um livro engraçado, divertido e resolvi pegá-lo para ler, pois me divertir também.... ledo engano. Foi o segundo livro mais chato que li (ou quase) na minha vida, pelo menos que me lembre. O mais estranho foi que logo no primeiro capítulo não simpatizei com a primeira personagem chamada Hannah, na verdade ela foi a que mais me irritou, tudo que acontece, pra ela, é uma cena de filme onde ela escolhe quem serão os protagonistas, sem falar na Dawn que praticamente todas as suas falas começam com um "Posso ser sincera com você", isso porque ela nem faz parte dos solteiros.
"Vicki imaginava que viajar com um violão nas costas deveria ser como estar grávida. Estranhos se sentiriam no direito de dar sua opinião ou saber mais. Em vez de "Quantos meses?", o pessoal perguntava "Você tem banda?" ou "O que você toca?". E você tinha que responder alguma coisa. Pág. 37"

Resumindo, tinha uma ideia bem diferente de como o livro seria. Cinco solteiros que contariam casos engraçados e bem diferentes de namoros que afundaram e que durante o casamento aprontariam um pouquinho e quem sabe acabariam encontrando o amor. E errei feio. Detalhamento de futilidades e coisas sem importância para a história, até onde eu li a autora só havia apresentado os personagens e suas histórias amoroso, praticamente metade do livro. Nenhuma frase de efeito ou algo atraente e espetacular aconteceu durante a leitura.
Pareceu até que alguns dos personagens nem queriam ir ao casamento, como se fosse algo torturante, isso porque eram amigos. (A Bee deve ser muito querida, hein?)
A narrativa também não funcionou comigo, foi maçante e travada, teve um momento que nem me lembrava mais quem era quem de tão interessante que eram os personagens. E o humor, eu sinceramente, não consegui encontrar.

Pelo que li na opinião de outras pessoas que leram este livro, não acontece nada extraordinário no restante da história, então preferi dar lugar a uma nova leitura a ficar presa em uma maçante.
Já quem tiver curiosidade e quiser conferir é por sua conta e risco =)

Avaliação Final:



.: ~ * Beijinhos * ~ :.

Leia também:

Um comentário:

  1. bom, desde a capa eu já senti que não leria o livro, vi a sinopse e não me prendeu, e depois que vi umas resenhas a respeito, sinceramente...
    essa temática não tem nada a ver comigo...
    ainda bem que não embarquei nessa leitura ruim...
    bjs, flor.
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir