1

30 julho 2012

~Resenha: A Arte da Imperfeição - Brené Brown~

Ficha Técnica

Título: A Arte da Imperfeição
Autora: Brené Brown
Selo: Novo Conceito
Ano: 2012
Número de páginas: 184
Assuntos: AUTO AJUDA, Comportamento


Sinopse
Este livro é sobre como deixar de se preocupar com "O que os outros vão pensar?" e acreditar que "Eu sou suficiente".

A cada dia nos deparamos com uma enxurrada de imagens e mensagens da sociedade e da mídia nos dizendo quem, o que e como devemos ser.

A ideia de que só será feliz quem levar uma vida perfeita e ter um olhar perfeito sobre ela é muito discutida. Assim, acabamos sentindo vergonha de realizar algo no qual podemos fracassar.

E se eu não atender às expectativas? O que as pessoas vão pensar se eu falhar ou desistir? Quando posso parar de provar a mim mesmo?

Em A Arte da Imperfeição, Brené Brown ensina o leitor a lidar com a vergonha, aceitar seus defeitos e ser autêntico quando o assunto é viver bem e ser feliz.


Aborda temas interessantes, cheguei até a me ver em algumas partes do livro, me fazendo refletir vários aspectos dos quais a autora expôs.
Confesso que livros com essa temática são meus favoritos, mas este conseguiu prender minha atenção a maior parte do tempo em que o li.
Brené tratou de vários assuntos como medo, desculpas que inventamos por causa da nossa vida apressada, onde não há tempo para quase nada, a fé em que ela define perfeitamente nesta frase:



“Fé é um lugar misterioso, onde encontramos coragem para acreditar no que não podemos ver e força para abandonar nosso medo da incerteza”. Pág 127

Achei muito bacana a oração da página 128, tentarei praticá-la sempre:

“Deus, dai-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem de mudar as coisas que posso mudar e a sabedoria para conhecer a diferença. Amém!”

Muito interessante também é o capítulo “cultivando criatividade”, onde ela mostra que o ato de se comparar não passa de um competição para ver quem é o melhor, algo opressor, que rouba nossa felicidade.E também do “Cultivando brincadeiras e descanso”, que nos mostra que brincar é essencial na vida não importando a idade, isso era uma das coisas em que sempre acreditei, pois todos nós temas uma criança interna.

“Nós somos uma nação de adultos estressados educando crianças sobrecarregadas. Usamos nosso tempo livre procurando desesperadamente alegria e sentido para nossa vida. Nós pensamos que realizações e aquisições irão trazer alegria e sentido, mas elas que nos mantém tão cansados e temerosos de diminuir o ritmo.” Pág 138

Resumindo, abandone a exaustão, o que acho ser algo meio difícil, mas não impossível.

“Se o que importa para nós é aquilo que nos preocupa, então brincar e descansar é importante.Se o que importa para nós é o que as outras pessoas pensam, dizem ou dão valor, devemos voltar à exaustão e produção por valor pessoal.
Hoje eu escolho brincadeira e descanso.” Pág 140 e 141


Avaliação Final do Livro: 3 estrelas de ouro!! Uma Boa Leitura =)



Façam uma blogueira feliz!! Comente! Não custa nada, não é? ;)!!



.: ~ * Beijinhos * ~ :.

Leia também:

Um comentário:

  1. Adorei o tema e os dizeres do livro.É bem interessante, e realmente muitas vezes me pego fazendo exatamente o que o livro diz. As vezes é difícil se desligar do que os outros vão pensar. É uma coisa que parece já estar enraizada dentro de você. Vou tentar ler e tirar umas lições pra mim. Estou precisando disso.

    ResponderExcluir