1

04 junho 2012

~Resenha: A Última Música - Nicholas Sparks~

Ficha Técnica

Título: A Última Música
Autor: Nicholas Sparks
Selo: Novo Conceito
Ano: 2010
Número de páginas: 400
Assuntos: FICÇÃO, ROMANCE

Sinopse
Aos 17 anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo quando seus pais se divorciam e seu pai decide se mudar para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que Ronnie e seus irmãos iriam passar as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. Ele, por sua vez, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de reaproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes de o verão acabar. É quando ela conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, apaixona-se profundamente por ele, abrindo-se aos poucos para uma experiência que lhe proporcionará imensa felicidade e dor, jamais sentidas.
Uma história inesquecível que nos fala sobre as várias dimensões do amor: o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão. A última música demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, como o amor é capaz de partir e curar o coração.


Sim, o livro é emocionante, mas meu preferido continua sendo "Diários de uma Paixão" de mesma autoria, vocês podem conferir a resenha dele clicando Aqui!. Tudo bem, os livros falam de tipos de amor diferentes, mas tenho meu favorito, fazer o que?



Curti bastante a história e seu desenrolar também, Ronnie é bem rebelde, algumas de suas atitudes são irritantes e eu as desaprovaria, mas ao longo do livro ela vai tomando jeito, e quem a mais ajudou nesse aspecto foi o fofo do Will, um dos personagens mais cativantes do livro, cada personagem teve seu "peso" especial na história, Blaze, Marcus - um "capeta", sério fiquei com muita raiva desse cara, ele é pura maldade, uma das maiores besteiras que Ronnie fez, foi se envolver com esse cara - Steve, a gracinha do Jonah, irmão mais novo de Ronnie, simplesmente amei ele, super fofo e esperto, foi a estrela do livro.

"...Mas fiquei cansada de ouvir,sabe? Então, disse "Tanto faz", e ele agarrou meu braço tão firme que ficou roxo. Depois, disse para mim: "Sabe o que está dizendo quando diz 'Tanto faz'? É só um código para um palavrão que começa com a letra 'f'. E, na sua idade, você nunca, jamais, deve dizer isso para alguém". Então, agora, quando alguém diz isso para mim, eu respondo: "o mesmo para você" - Blaze Pág 77


Cada um com sua personalidade, conseguiu construir os momentos certos, mostrando que podemos superar as dificuldades com amor e sabedoria.

"Ele recomeçou uma vez mais, com novas alterações, e, conforme Ronnie o observava, percebia que ele estava feliz. embora a música não fizesse mais parte da vida dela, sempre havia feito parte da vida de seu pai e sentiu-se culpada por ter afastado esse prazer dele.... Pág 240"


Ás vezes, temos atitudes egoístas e nem nós damos conta disso, mas temos que lembrar do que é mais precioso em nossas vidas, perdoar, para podermos recomeçar, e é isto que o livro tenta nós passar a ideia de amadurecimento, amizade, amor, e como eles são fortes e importantes para todos nós.

" - Supera, Scott. Desta vez, nem tudo tem a ver com você.
- Você me deve - gritou, batendo a porta do armário de novo - Eu pedi um simples favor. Você sabia o quanto era importante para mim!
- Eu não te devo nada! - disse Will controlando sua raiva. - Estou encobrindo seu erro por oito meses e não aguento mais ver o Marcus provocando a gente. Faça o que é certo. Diga a verdade. As coisas mudaram. Pág. 288"

Como já havia mencionado acima, a temática do livro é um pouco diferente, voltada para família, amizade, diferente do outro titulo de Nicholas Sparks que já remete mais a paixão, amor além de todas as coisas. Mas não deixa de ser encantador e emocionante.


"Pela primeira vez em meses, não sentiu dor alguma; pela primeira vez em anos, obteve as respostas às suas perguntas. Ao ouvir a música que Ronnie havia composto, a música que Ronnie havia aperfeiçoado, fechou seus olhos sabendo que tinha terminado sua busca pela presença de Deus. Pág 369"



Avaliação Final do Livro: 4 estrelas de ouro!! Leitura Aprovada xD



Façam uma blogueira feliz!! Comente! Não custa nada, não é? ;)!!


Atenção: Prorrogada a Promoção de “Julieta Imortal em Dobro”, aproveitem para participar!! Vale dois exemplares do livro + Marcadores variados.


.: ~ * Beijinhos * ~ :.

Leia também:

4 comentários:

  1. File lindo lindo e livro mais que delicioso não é??
    Ah gente Nicholas é Nicholas e dai traz pra gente essa história de uma "rebelde" e seu "salvador"
    Adorei.
    A tua resenha diz bem como é né? Bora ler gente.
    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, que bom que gostou ;D
      Ainda não vi o filme,acredita! =/
      Bjsss

      Excluir
  2. Adorei a sua resenha...

    Até agora, eu acho que esse é um dos melhores livros que eu li do Nicholas, como vc mesmo disse a historia é diferente mas vale muito a pena ser lida...

    Chorei no livro, chorei no filme, mas tá valendo kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada *-*
      O meu favorito do Nicholas é o Diário de um Paixão, por mostrar que a força do amor pode superar qualquer barreira!
      Bjsss

      Excluir